sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Empadas!

Boas tardes!

A pessoa aqui, gosta de empadas. Adoro empadas de atum. E tinha um grande problema - não sabia fazê-las. Pronto - já disse!

Quando me apetecia muito uma empada de atum tinha que ir comprá-la. Mas se nesta ilha todos os estabelecimentos vendem empadas de atum, porque raio é que eu não sei fazê-las? Alguém deve ter uma receita que me empreste...


Numa tarde, e com uma empada de atum na boca, lembrei-me que já tinha visto algures uma receita, era uma questão de procurá-la.
Claro... só podia ser, no blog da Manuela, exactamente, a receita de empadas de atum - vi a luz :)

A receita segui à risca, vou copiá-la na integra:
"Massa:
  • ½ kg de farinha
  • 100 gramas de açúcar
  • 1 colher (chá) de fermento
  • 150 gramas de manteiga ou margarina derretida
  • 2 ovos inteiros
Amassam-se todos os ingredientes até obter uma bola de massa e reserva-se.





Recheio:

  • 100 gramas de margarina
  • 1 colher de óleo
  • 1 cebola grande picada
  • 2 colheres de sopa de farinha
  • 1 colher de sopa de polpa de tomate
  • 2 latas de atum
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • noz moscada q.b.
  • salsa picada
    Põe-se o óleo, a margarina e a cebola em lume brando até alourar. De seguida juntam-se as colheres de farinha mexendo sempre, depois junta-se a polpa de tomate, o atum (sem o óleo), a salsa picadinha e tempera-se com o sal, a pimenta e a noz moscada. Retira-se do lume e reserva-se.

    Para fazer as empadinhas, retira-se uma bolinha de massa, coloca-se na forminha e vai-se moldando com as mãos de forma a forrar o fundo e os lados da forminha. No interior coloca-se o recheio. De seguida para fazer as tampinhas retira-se mais uma bolinha da massa que se molda e espalma com as mãos e coloca-se a cobrir o recheio. E vai-se fazendo assim sucessivamente até terminar a massa e o recheio.

    Decoração:
  • 1 gema de ovo
  • azeitonas pretas
Pincela-se cada empada com gema de ovo e coloca-se uma azeitona preta em cima carregando até meio da azeitona e vai ao forno a cozer até ficarem douradinhas. Sirva as empadinhas frias."

Claro que comi as empadas ainda quentes!

P.S. As fotos são novamente tiradas pelo telemóvel - a preguicite aguda atacou-me.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Uma sandes...

Hello :)

Esta não é uma invenção minha, roubei-a descaradamente, porque é deliciosa!

É o quê? Nada mais simples do que uma sandes, sim... uma sandes!
Não... não ando a almoçar ou a jantar sandes. Mas ando a usá-las como um complemento a refeições que sejam só de sopa, por exemplo.


É uma invenção do meu namorado, que rápidamente se tornou num complemento aos almoços rápidos ou apressados, ou até de um lanche. O que é preciso? Basicamente coisas que costumamos ter por casa.

- Bôlos lêvedos (produto açoriano :)
- 1 ou 2 fatias de queijo (costumo usar o Edame, e às vezes barro uma das metades do pão com queijo creme);
- 1 fatia de fiambre de perú cozido (são grandes);
- Agrião a gosto;
- 1 ovo cozido ou estrelado;
- Maionese.

Colocar tudo dentro do pão por esta ordem e deliciar-se :)

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Ambientes com Sabores

Boas!

Quem me conhece sabe que gosto de comer. Gosto de comer coisas que façam sentido, sabores que combinem. Ingredientes do nosso dia-a-dia que combinados resultam numa explosão de sabor.

Acho que ganhei esse gosto pela comida com a ajuda deste restaurante - Ambiente com Sabores. Sem dúvida o meu restaurante preferido aqui na ilha, não só pela decoração do espaço, mas sobretudo pela comida que serviam.

A Sala Cinzenta - imagem de: www.azoresdiscountbook.com

Desde que abriram (penso que em 2007 ou 2008) que lá vou, e ainda me lembro do primeiro prato que comi - rosbife de atum em crosta de sésamo, com batata-doce, tetragonia salteada e compota de tomate - que nunca saiu da ementa. Desde então, este restaurante passou para o topo da minha lista.

De vez em quando havia os menus de degustação, onde por um determinado valor podiamos provar diversos pratos feitos para aquela ocasião, sempre com os peixes frescos dos Açores, as nossas maravilhosas carnes e legumes biológicos. Consegui estar em alguns desses eventos, desde as apresentações das ementas (que eram mudadas consoante a estação), até ao jantares temáticos de sushi, ou o jantar de passagem de ano 2012/2013 em que o tema era "os loucos anos 20".

Sala Vermelha - imagem de: restaau.pt

Houve um prato que rápidamente se tornou o meu favorito - cherne com molho de manga, acompanhado de arroz de alho francês - não vos digo nem vos conto, era uma coisa de ir à lua e voltar. Quase que chorei quando o prato saiu da ementa :)

Com esta minha dissertação, afinal que receita vos venho mostrar? - perguntam vocês. Pois, desta vez não trago receita nenhuma, mas sim fotos, fotos do último jantar que serviram.
O restaurante fechou o mês passado.

Tenho a dizer que este foi sem dúvida nenhuma o melhor jantar que comi lá, cada prato era melhor que o anterior e para o final já nem consegui comer a sobremesa toda. Acho que fiquei cheia durante 3 dias :)

A qualidade das fotos não é a melhor, pois foram tiradas com o telemóvel.

Descrevendo os pratos:
1 - Começamos por um granizado de Verdelho com lima, gengibre e majericão. (Não tenho foto desse).
2 - Polvo corado, envolto em bacon sobre figos caramelizados e maracujá natural. (Foto canto superior esquerdo).
3 - Tataki de novilho com sésamo tostado sobre guacamole, vinagreta de azeitonas verdes e saladinha de pepino. (Foto canto superior direito).
4 - Rojões de atum, compota de meloa da Graciosa, batata doce migada e picadinho de tomate com chalotas. (Foto do meio, lado esquerdo).
5 - Lombinho de veja grelhado, bróculos salteados, açorda de ovas com picadinho de camarão, cromásio da arábia e molho de chocolate branco. (Foto do meio, lado direito).
--- Entre prato --- Shot de limão com hortelã e pimenta (Foto da fila de baixo, lado esquerdo).
6 - Magret de pato braseado sobre tetragónia salteada em toucinho de fumo, mandioca crocante e molho de uvas com manga e pimenta rosa. (Foto fila inferior, ao centro).
7 - Bolo de banana com mousse de lima e queijo da ilha  panado com massa sovada. (Foto da fila inferior, lado direito).

Com muita pena me despedi, mas com um até já - espero eu - deste restaurante e do Chef Paulo e a sua família.


Ao escrever este post, surgiu-me a ideia de continuar a escrever post do género, com os diferentes restaurantes que vou conhecendo aqui da ilha.
E espero também voltar a colocar as minhas receitas, que têm sido muito básicas e fáceis de fazer:)

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Pecado às fatias!

Olá!

Estava eu muito descansada a ver o meu facebook, quando dou de caras com este pecado às fatias. Pedi, implorei e ameacei para alguém fazer esta receita por mim, mas ninguém quis e eu fui obrigada a fazê-la!!!!

Também é tão fácil, mas tão fácil de fazer que para pessoas que adorem leite condensado vai ser muito difícil resistir.


O culpado disto tudo é o facebook do Sabores da Terra, que de vez em quando desencaminha uma pessoa.
Como a receita estava com ingredientes brasileiros, tipo biscoito de maizena, eu adaptei ao que tinha por casa.

Ingredientes:
- 200gr. + 50 gr. de bolacha Maria
- 100gr. de manteiga
- 3 colheres de sopa de água
- 2 latas de leite condensado cozido
- nozes ou amendoa


Preparação:
Moer as 200gr. de bolacha Maria, juntar a manteiga derretida e a água. Misturar bem até a mistura estar húmida e não se esfarelar facilmente. Forrar uma tarteira com base amovível e levar ao forno pré-aquecido a 180º por 15 minutos mais ou menos.

Retirar do forno e deixar arrefecer.
Depois de fria colocar as duas latas de leite condensado e levar ao frio. (Caso o leite condensado esteja muito sólido leve ao microondas de 30 em 30 segundos até amolecer, vá mexendo nos entretantos).

Antes de servir, salpicar com os 50 gr. de bolacha Maria picada e as nozes.


sexta-feira, 24 de maio de 2013

Gelado de Manga

Olá olá!

Com o aproximar do verão, com os dias mais quentes, com a luz do sol até tarde, o que apetece? Gelados, pois claro! Mas gelados o mais saudável possíveis.

Tenho pesquisado umas receitas e já fiz um sorvete de morango que ficou muito bom, mas ontem queria algo mais cremoso, e após as minhas pesquisas dei de caras com esta receita no Petit Chef.

Tenho a dizer que é dos melhores gelados que já comi, se a manga for doce quase nem precisa de açúcar.

Vamos lá então:


Ingredientes:
- 1 manga
- 3 iogurtes naturais
- 75 gr. de açúcar

Preparação:
Descascar a manga e retirar o caroço, colocar num recipiente com os restantes ingredientes e passar a varinha mágica até ficar homogéneo. 

Levar à maquina dos gelados durante 40 minutos e voilá!
É opcional, mas passados uns 10 minutos eu juntei pedacinhos de manga ao meu gelado, acho que ainda ficou melhor. Tem um aroma e sabor divinal.

Neste LINK está a receita original, a versão para a bimby e a versão tradicional.



quarta-feira, 24 de abril de 2013

Nevoeiro e um Bolo de Limão

 Boa tarde :)

Ora... para quem conhece os Açores sabe que tanto está sol como a seguir está a chover (obrigada ai anti-ciclone!). Temos um clima bastante incerto e este Inverno foi rigoroso, choveu tanto mas tanto e durante tantos dias seguidos que chegou a provocar bastantes estragos. Ora, quando temos um dia de sol é quase ocasião para uma festa!

E não é que tivemos quase uma semana com solinho? Claro que o sol nos Açores tem sempre aquelas nuvens a pairar que é para não nos esquecermos delas. E quando já estávamos a achar que vinha ai o Verão, esta semana apresenta-se assim, cinzenta, chuvosa e feia!

A foto de cima foi tirada no sábado, a de baixo foi tirada ontem, exactamente no mesmo local, nem conseguimos ver o "nosso" Monte Brasil.

E para um dia (semana) ranhoso como este, nada melhor que um bolinho. E como queremos que o Verão chegue rápido que seja um bolinho de limão, leve, fofo e fresco.


A receita vem do blog "As Minhas Receitas", e fiz o dobro, pois não tinha uma forma de bolo inglês.

"Ingredientes:
(in Olive - Fevereiro 2012, pág. 38)

110g de manteiga
180g de açúcar
180g de farinha com fermento
4 colheres de sopa de leite
raspa de 1 limão
2 ovos

Calda:
casca de 1 limão cortada em juliana fina
sumo de 2 limões
75g de açúcar em pó

Preparação:

Numa taça coloque todos os ingredientes para o bolo e bata com a batedeira eléctrica durante 3 minutos até obter uma mistura homogénea e fofa.
Coloque depois a mistura numa forma de bolo inglês previamente untada e forrada com papel vegetal e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 45 minutos ou até o bolo estar cozinhado.
Entretanto prepare a calda misturando o sumo de limão com o açúcar em pó e a casca de limão em juliana. Leve a lume brando apenas para dissolver o açúcar e desligue (não deixe ferver).
Assim que o bolo estiver pronto retire do forno e deixe arrefecer um pouco. Pique-o depois com a ajuda de um palito e deite a calda sobre o bolo.
Desenforme apenas depois de arrefecido."

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Lasanha de Legumes

Olá olá! :)

Long time no see!

Hoje trago uma sugestão vegetariana. Uma lasanha de legumes.
Sempre que há um jantar cá em carne tem que haver uma alternativa à carne (pois a minha irmã não come), por vezes faço algo com peixe, mas desta vez preferi apostar apenas nos legumes.

Já fiz este prato diversas vezes e de todas elas, durou pouco tempo. Da última vez que fiz decidi fazer uma reportagem fotográfica, para a posterioridade :)

Vamos lá!



Ingredientes para o molho de tomate:
- 1 dente de alho
- Azeite
- Folhas de manjericão
- Tomate pelado (uso uma lata de 500g com o liquido)
- 2 colheres sopa de polpa de tomate
- 2 colheres de sopa de ketchup

Preparação do molho de tomate:
Alourar o alho no azeite e as folhas de manjericão. Juntar os restantes ingredientes e deixar cozinhar, mexendo de vez em quando para não queimar. Quando o tomate estiver bem cozinhado pode desfazer-se com a colher.


 Ingredientes da lasanha:
- 1 cebola grande aos cubos
- 1 ou 2 dentes de alho picado
- 2 ou 3 cenouras aos cubos
- 1 alho francês às rodelas
- Espinafres q.b.
- Brócolos q.b.
- Azeite
- Sal e pimenta
- Polpa de tomate q.b.
- Queijo mozzarela
- Placas de lasanha
- Molho bechamel


Preparação da lasanha:
Alourar a cebola e o alho em azeite.
Juntar as cenouras, alho francês e a polpa de tomate. Tapar e deixar cozinhar.
Quando as cenouras estiverem quase cozinhadas junta-se os espinafres e os brócolos e tempera-se com o sal e pimenta. Tapa-se e deixa-se reduzir.
Provar e rectificar os temperos.

Montagem da Lasanha:
1. Coloca-se um fio de azeite num pirex e cobre-se com o molho de tomate;
2. Cobre-se o pirex com as placas da lasanha (eu costumo parti-las, assim não "incham" tanto);
3. Põe-se metade da mistura de legumes;
4. Volta-se a cobrir com massa de lasanha - mistura de legumes - e acaba-se com massa de lasanha;
5. Cobre-se com queijo e molho bechamel.
6. Leva-se ao forno até dourar.